Pages

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Não consigo fugir de mim mesmo!

Buscando melhoria de vida ou resolver problemas pessoais mudamos de rua, de bairro, de cidade, de amigos, de emprego, de companhia. Mudamos o jeito de andar, de pentear os cabelos, mudamos o estilo de roupa, enfim... Mudamos um monte de coisas para permanecermos os mesmos!

Permanecemos os mesmos porque continuamos a pensar da mesma forma que sempre pensamos, apesar das várias mudanças de rua, cidade, emprego, companhia, etc... A mudança quando ocorre apenas na superfície pode até ser uma mudança grande, mas não é uma grande mudança, ela se assemelha a uma grande mancha de óleo no mar: extensa, mas sem profundidade.

E o resultado das mudanças de superfície? Continuar dormindo e acordando com as mesmas dificuldades de sempre.

O problema não resolvido é companhia inseparável, vai estar junto conosco em qualquer lugar que estejamos. Não nos veremos livre dele se fingirmos que ele não existe, pois, altamente cara-de-pau, mesmo que você nem dê bola para ele, ele dá bola para você, e não vai desgrudar enquanto não for encarado. A maioria deles não aguenta uma encarada corajosa.

Descobrir que PARA QUALQUER LUGAR QUE EU FOR EU ME LEVO COMIGO já é uma senhora encarada.

4 comentários:

Anonymous disse...

É fato!

Marcondes disse...

Caro amigo....... Voce é um filósofo, e como tal, possue uma enorme capacidade de "observação".

Cuide-se, precisamos de voce inteiro.... muito a fazer... abs

Marcondes

Estela disse...

É mesmo! Mudei de endereço, troquei de emprego e tudo continua do mesmo jeito

Mário Gomes Filho disse...

É verdade ! Sempre estamos nas idas e vindas mas sempre retornamos ao ponto de partida que é o nosso interior. Há algum tempo, e olha que já se passaram muitos anos, estava no meio de uma procela danada, daquelas da vaca desconhecer o bezerro, e pensava que se fosse morar no outro lado do mundo(Japão, por exemplo)tudo cessaria...Mas, como não conseguiria ir sem levar os meus conceitos,pensamentos,atitudes, minha raíz(neste tempo internético poderia dizer; Minha placa mãe). Resolvi deixar de pensar em outros lugares e como o tempo é o senhor da razão, estou aqui agradecendo a Deus por ter vivido aqueles momentos de dificuldades que me trouxeram um largo aprendizado, afinal de contas fiz, naquela época o C.C.C. (CURSO COMPLETO DE CRISE)e hoje consigo transpor com mais facilidade os percalços da vida. Em uma frase:"Ninguem se perde no caminho da volta" (José Américo de Almeida).